Arquivos
 04/06/2017 a 10/06/2017
 14/05/2017 a 20/05/2017
 01/01/2017 a 07/01/2017
 09/10/2016 a 15/10/2016
 07/08/2016 a 13/08/2016
 29/05/2016 a 04/06/2016
 23/08/2015 a 29/08/2015
 14/06/2015 a 20/06/2015
 10/05/2015 a 16/05/2015
 05/04/2015 a 11/04/2015
 08/03/2015 a 14/03/2015
 01/02/2015 a 07/02/2015
 14/12/2014 a 20/12/2014
 21/09/2014 a 27/09/2014
 14/09/2014 a 20/09/2014
 07/09/2014 a 13/09/2014
 17/08/2014 a 23/08/2014
 10/08/2014 a 16/08/2014
 13/07/2014 a 19/07/2014
 27/04/2014 a 03/05/2014
 16/02/2014 a 22/02/2014
 09/02/2014 a 15/02/2014
 05/01/2014 a 11/01/2014
 29/12/2013 a 04/01/2014
 15/12/2013 a 21/12/2013
 08/12/2013 a 14/12/2013
 18/08/2013 a 24/08/2013
 11/08/2013 a 17/08/2013
 04/08/2013 a 10/08/2013
 28/07/2013 a 03/08/2013
 21/07/2013 a 27/07/2013
 14/07/2013 a 20/07/2013
 30/06/2013 a 06/07/2013
 23/06/2013 a 29/06/2013
 16/06/2013 a 22/06/2013
 09/06/2013 a 15/06/2013
 26/05/2013 a 01/06/2013
 19/05/2013 a 25/05/2013
 07/04/2013 a 13/04/2013
 24/03/2013 a 30/03/2013
 17/03/2013 a 23/03/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 03/03/2013 a 09/03/2013
 17/02/2013 a 23/02/2013
 03/02/2013 a 09/02/2013
 13/01/2013 a 19/01/2013
 06/01/2013 a 12/01/2013
 30/12/2012 a 05/01/2013
 16/12/2012 a 22/12/2012
 09/12/2012 a 15/12/2012
 02/12/2012 a 08/12/2012
 25/11/2012 a 01/12/2012
 18/11/2012 a 24/11/2012
 11/11/2012 a 17/11/2012
 04/11/2012 a 10/11/2012
 28/10/2012 a 03/11/2012
 14/10/2012 a 20/10/2012
 30/09/2012 a 06/10/2012
 16/09/2012 a 22/09/2012
 26/08/2012 a 01/09/2012
 12/08/2012 a 18/08/2012
 05/08/2012 a 11/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 15/07/2012 a 21/07/2012
 08/07/2012 a 14/07/2012
 01/07/2012 a 07/07/2012
 24/06/2012 a 30/06/2012
 10/06/2012 a 16/06/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 27/05/2012 a 02/06/2012
 20/05/2012 a 26/05/2012
 06/05/2012 a 12/05/2012
 15/04/2012 a 21/04/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 01/04/2012 a 07/04/2012
 25/03/2012 a 31/03/2012
 18/03/2012 a 24/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 19/02/2012 a 25/02/2012
 12/02/2012 a 18/02/2012
 05/02/2012 a 11/02/2012
 15/01/2012 a 21/01/2012
 08/01/2012 a 14/01/2012
 01/01/2012 a 07/01/2012
 18/12/2011 a 24/12/2011
 27/11/2011 a 03/12/2011
 13/11/2011 a 19/11/2011
 30/10/2011 a 05/11/2011
 23/10/2011 a 29/10/2011
 16/10/2011 a 22/10/2011
 18/09/2011 a 24/09/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 17/07/2011 a 23/07/2011
 26/06/2011 a 02/07/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 05/06/2011 a 11/06/2011
 22/05/2011 a 28/05/2011
 15/05/2011 a 21/05/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 24/04/2011 a 30/04/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 10/04/2011 a 16/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 20/03/2011 a 26/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 16/01/2011 a 22/01/2011
 09/01/2011 a 15/01/2011
 02/01/2011 a 08/01/2011
 26/12/2010 a 01/01/2011
 12/12/2010 a 18/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 28/11/2010 a 04/12/2010
 21/11/2010 a 27/11/2010
 14/11/2010 a 20/11/2010
 07/11/2010 a 13/11/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 24/10/2010 a 30/10/2010
 17/10/2010 a 23/10/2010
 10/10/2010 a 16/10/2010
 03/10/2010 a 09/10/2010
 26/09/2010 a 02/10/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 08/08/2010 a 14/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 25/07/2010 a 31/07/2010
 18/07/2010 a 24/07/2010
 11/07/2010 a 17/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 13/06/2010 a 19/06/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 07/03/2010 a 13/03/2010
 28/02/2010 a 06/03/2010
 21/02/2010 a 27/02/2010
 14/02/2010 a 20/02/2010
 07/02/2010 a 13/02/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 20/12/2009 a 26/12/2009
 13/12/2009 a 19/12/2009
 06/12/2009 a 12/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 22/11/2009 a 28/11/2009
 15/11/2009 a 21/11/2009
 08/11/2009 a 14/11/2009
 01/11/2009 a 07/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 18/10/2009 a 24/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 04/10/2009 a 10/10/2009
 27/09/2009 a 03/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 14/06/2009 a 20/06/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 17/05/2009 a 23/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 26/04/2009 a 02/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 12/04/2009 a 18/04/2009
 05/04/2009 a 11/04/2009
 29/03/2009 a 04/04/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 08/02/2009 a 14/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 25/01/2009 a 31/01/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de nicomedesoliveira
 


SP: governo extingue secretaria e fundações e anuncia corte de R$ 355 miMedida tem como objetivo compensar o cancelamento do aumento das tarifas de trem, metrô e EMTU no Estado; revogação ocorre após protestos Marina NovaesDireto de São PauloO governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta sexta-feira um pacote de medidas cujo objetivo é promover um corte dos gastos públicos para compensar a revogação do aumento das tarifas dos trens, metrô e da EMTU (ônibus intermunicipal). Para tanto, o governo extinguiu a Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano, que será incorporada à Casa Civil, anunciou a fusão de três autarquias - Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam) -; a extinção da Companhia Paulista de Eventos e Turismo (Cptur), que é uma empresa estatal, e o fim da Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco), outra autarquia do governo.De acordo com Alckmin, com as medidas o Estado irá economizar R$ 129,5 milhões, em 2013, e R$ 226 milhões, em 2014, o que totaliza R$ 355 milhões em cortes. O governador admitiu, porém, que as mudanças acarretarão em demissões, e disse não descartar o corte de outras pastas nos próximos meses. Segundo Alckmin, o corte ocorre após o governo de São Paulo ouvir "a agenda da rua", que pediu a suspensão do reajuste da tarifa, que caiu de R$ 3,20 para R$ 3, mas se mostrou contra o corte de investimentos públicos. "As reduções nas tarifas do metrô, trens e EMTU implicam em redução de receita. (...) Nós não fabricamos dinheiro, não gastamos mais do que arrecadamos e, por outro lado, não podemos cortar investimentos", disse. A Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano foi uma promessa de campanha de Alckmin, criada assim que ele foi reeleito, em 2010. De acordo com o governo, a pasta já teria dado "um impulso" ao desenvolvimento das regiões metropolitanas como a Grande São Paulo e a Baixada Santista, mas sua função pode ser incorporada à Casa Civil "sem prejuízos". Com a medida, a ideia é economizar tanto com pessoal quanto com despesas com aluguel de imóvel, veículos, entre outros.Outros cortesOutra medida anunciada foi a extinção de 2.036 cargos comissionados que estavam gastos. "Isso não tem efeito imediato, porque eles não estão ocupados. São cargos vagos, mas que não serão preenchidos novamente", disse. O governo também anunciou a venda de um helicóptero da Casa Civil (cuja economia será de R$ 4,5 milhões por ano); a redução de 10% dos veículos locados (corte de R$ 6,5 milhões); e a venda de 1.044 veículos do governo (corte de R$ 3,1 milhões). Também foi anunciada a redução, em 20%, com despesas em passagens aéreas e uma economia de 10% de cortes com diárias para viagens. Na semana passada, ao comunicar a decisão do governo em revogar o aumento da tarifa do transporte público no Estado, Alckmin havia dito que o prejuízo causado pela mudança seria compensada em cortes de investimento, e que seria necessário "apertar o cinto". A revogação foi feita após uma onda de protestos, duramente reprimidos pela Polícia Militar na capital paulista. Entretanto, o anúncio de que a diferença sairia de investimentos em obras públicas não foi bem recebido e, por isso, o governo decidiu apresentar um pacote de medidas para diminuir os gastos do Executivo em São Paulo. "Nós estamos apertando o cinto. Nossa agenda foi reforçada pela agenda das ruas", disse o governador, em entrevista concedida no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. "Com isso, nós não afetaremos um centavo os investimentos do governo que são necessários para gerar empregos e melhorar os serviços públicos", completou.http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/sp-governo-extingue-secretaria-e-fundacoes-e-anuncia-corte-de-r-355-mi,d2ecdcad26b8f310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.htmlTerra

Escrito por nicomedesoliveira às 21h59
[] [envie esta mensagem
]





XI FREPOP - FÓRUM DE EDUCAÇÃO POPULAR –VIII INTERNACIONAL

XI FREPOP - FÓRUM DE EDUCAÇÃO POPULAR –VIII INTERNACIONAL

TEMA EIXO
DIREITOS HUMANOS E A EDUCAÇÃO POPULAR: Memória e resistência das lutas dos povos pela garantia efetiva e ampliação de direitos.
- UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL! -

Entramos em processo de organização efetiva do XI FREPOP – Fórum de Educação Popular - VIII internacional. A edição de 2013 se realizará entre os dias 23 e 27 de julho, na cidade de Lins/SP.

O XI FREPOP –VIII Internacional, se apresenta como espaço onde se reunirão homens e mulheres pela construção e reconstrução da memoria coletiva das lutas dos povos pela garantia efetiva e ampliação de direitos. Onde ativistas sociais e educadores/as populares possam expor suas vitórias e derrotas, os avanços e recuos, seus líderes e mártires, os que lutaram durante toda uma vida e ainda continuam a luta, e aqueles/as que tombaram, ou foram violentamente aprisionados por sistemas ditatoriais e desapareceram.

Na segunda metade do século passado, a América Latina viveu seu período de chumbo na violenta instauração de ditaduras militares. Não sem resistência dos/as lutadores/as do povo pela restauração da democracia. A geração que lutou contra as ditaduras, convive com suas marcas, mas, não com o silêncio. Os sobreviventes continuaram sua trajetória pessoal e coletiva, e, no mais longo período democrático da região, muitos ocupam posições de destaque nos governos de seus países.

É neste momento que em particular no Brasil se instaura a Comissão Nacional da Verdade, “O Brasil merece a verdade, as novas gerações merecem a verdade e, sobretudo, merecem a verdade factual aqueles que perderam amigos e parentes e que continuam sofrendo como se eles morressem de novo e sempre a cada dia. É como se disséssemos que, se existem filhos sem pais, se existem pais sem túmulo, se existem túmulos sem corpos, nunca, nunca mesmo, pode existir uma história sem voz. E quem dá voz à história são os homens e as mulheres livres que não têm medo de escrevê-la", destacou a presidenta do Brasil Dilma Roussef.

O FREPOP - FÓRUM DE EDUCAÇÃO POPULAR, ao completar sua décima primeira edição nacional e sua oitava internacional, receberá de braços abertos homens e mulheres, agentes populares de todo o Brasil, América Latina e outras partes do mundo, que através da educação popular não tem medo de escrever sua história. Não abdicam de declarar seu compromisso com o futuro distinto do passado e do presente. Não se furtam em organizar este futuro junto com as camadas populares, que são vitimas de uma sociedade excludente, homofóbica, racista, sexista, desigual e desumana.

Este modelo de sociedade vive profunda crise de sentido, e assim como outros fóruns, o FREPOP - FÓRUM DE EDUCAÇÃO POPULAR, se inscreve como um espaço onde se possa experimentar a humanidade, o cuidado com o outro, nossas crenças e nossa fé no gênero humano, nosso compromisso para oferecer a sociedade uma perspectiva distinta, onde um outro mundo seja possível.

Marcio Cruz
Representante Comissão Organizadora do XI FREPOP – VIII Internacional
Presidente da ONG FREPOP

 

Español

www.frepop.org.br

XI FREPOP - FÓRUM DE EDUCACIÓN POPULAR –VIII INTERNACIONAL

TEMA EJE
DERECHOS HUMANOS Y LA EDUCACIÓN POPULAR: Memoria y resistencia de las luchas de los pueblos por la garantía efectiva y ampliación de derechos.
-OTRO MUNDO ES POSIBLE! -

Entramos en el proceso de organización efectiva del XI FREPOP – Fórum de Educación Popular - VIII internacional. La edición de 2013 se realizará entre los días 23 e 27 de julio en la ciudad de Lins/SP.

El XI FREPOP –VIII Internacional, se presenta como un espacio donde se reunirán hombres y mujeres para la construcción y reconstrucción de la memoria colectiva de las luchas de los pueblos por la garantía efectiva y ampliación de derechos. Donde activistas sociales y educadores/as populares puedan exponer sus victorias y derrotas, los avances y retrocesos, sus líderes y mártires, los que lucharon durante toda una vida y aún continúan la lucha, y aquellos/as que cayeron, o fueron violentamente aprisionados por sistemas dictatoriales y desaparecieron.

En la segunda mitad del siglo pasado, América Latina vivió su período de barbarie en la violenta instauración de dictaduras militares. No sin resistencia de los/as luchadores/as del pueblo por la restauración de la democracia. La generación que luchó contra las dictaduras, convive con sus marcas, mas, no con el silencio. Los sobrevivientes continuaron su trayectoria personal y colectiva, y, en el más largo período democrático de la región, muchos ocuparon posiciones de destaque en los gobiernos de sus países.

Es en este momento en el que en particular en Brasil se instaura la Comisión Nacional de la Verdad, “Brasil merece la verdad, las nuevas generaciones merecen la verdad y, sobre todo, merecen la verdad de los hechos aquellos que perdieron amigos y parientes y que continuaron sufriendo como si ellos muriesen de nuevo y siempre cada día. Es como si dijésemos que, si existen hijos sin padres, si existen padres sin tumbas, si existen tumbas sin cuerpos, nunca, nunca, puede existir una historia sin voz. Y quienes dan voz a la historia son los hombres y las mujeres libres que no tienen miedo de escribir-la", destacó la presidenta do Brasil Dilma Roussef.

El FREPOP - FÓRUM DE EDUCACIÓN POPULAR, al completar su décima primera edición nacional y su octava internacional, recibirá de brazos abiertos hombres y mujeres, agentes populares de todo Brasil, América Latina y otras partes del mundo, que a través de la educación popular no tienen miedo de escribir su historia. No abdicaron de declarar se compromiso con el futuro distinto del pasado y del presente. No se privan de organizar este futuro junto con las camadas populares, que son víctimas de una sociedad excluyente, homofóbica, racista, sexista, desigual e inhumana.

Este modelo de sociedad vive una profunda crisis de sentido, y así como otros fórums, el FREPOP - FÓRUM DE EDUCACIÓN POPULAR, se inscribe como un espacio donde se pueda experimentar la humanidad, el cuidado con el otro, nuestras creencias y nuestra fe en el género humano, nuestro compromiso para ofrecer a la sociedad una perspectiva distinta, donde otro mundo sea posible.

Marcio Cruz
Representante Comisión Organizadora del XI FREPOP – VIII Internacional
Presidente da ONG FREPOP


English

www.frepop.org.br

11th FREPOP (8th International) of the POPULAR EDUCATION FORUM for the WEST of SAO PAULO REGION, BRAZIL

23-27th July, Lins, Sao Paulo

Key Theme:
HUMAN RIGHTS and POPULAR EDUCATION: Memory and resistance in the struggle for rights.
- ANOTHER WORLD IS POSSIBLE! –

The 11th FREPOP (8th International) offers a space where men and women can meet to (re)build their collective memory of peoples’ struggles for their rights; where social activists and popular educators can discuss their victories and defeats, progress and challenges, leaders and martyrs, those who struggled (and continue to struggle) throughout their lives and those who died or were imprisoned or ‘disappeared’ by violent dictatorship.

In the second half of the last century, Latin America went through a horror period when the brutal establishment of military dictatorships was common, though people still resisted and struggled for the restoration of democracy. The generation which fought against dictatorship has been marked by it, but it is not silent; its survivors continued their personal and collective development and in the longest period of democracy in the region, many now occupy prominent positions in the governments of their countries.

Currently, with particular reference to Brazil, the country has a National Commission for Truth. Dilma Roussef, the president of Brazil, said "Brazil deserves the truth, the new generations deserve the truth and, above all, those who lost friends and relatives and who continue to suffer as if these had died again and again, every day, deserve to know the real truth. It’s like saying that if there are children without parents, if there are parents without graves, if there are graves without bodies, then there can never, ever be a story without a voice. And those who give voice to history are free men and women, who are not afraid to write it”.

Now in its eleventh incarnation (its 8th as an international event), the POPULAR EDUCATION FORUM (FREPOP) welcomes with open arms all men and women, all people’s activists, throughout Brazil, Latin America and other parts of the world, who, through popular education, are not afraid to write their story; who don’t hesitate to declare their commitment to a future very different from the past and the present; who are prepared to organise this future together with the poorest classes, the victims of an exclusionary, homophobic, racist, sexist, unequal and inhumane society.

This model of society is undergoing a deep crisis of meaning. Like other forums, the POPULAR EDUCATION FORUM (FREPOP), offers a space where we can experience humanity and help each other, where we can reinforce our faith in humankind and our commitment to offer society a different perspective, where another world might be possible.

 

Marcio Cruz
Representative of the Organizing Committee FREPOP XI - VIII International
President of the NGO FREPOP



Escrito por nicomedesoliveira às 13h23
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]