Arquivos
 04/06/2017 a 10/06/2017
 14/05/2017 a 20/05/2017
 01/01/2017 a 07/01/2017
 09/10/2016 a 15/10/2016
 07/08/2016 a 13/08/2016
 29/05/2016 a 04/06/2016
 23/08/2015 a 29/08/2015
 14/06/2015 a 20/06/2015
 10/05/2015 a 16/05/2015
 05/04/2015 a 11/04/2015
 08/03/2015 a 14/03/2015
 01/02/2015 a 07/02/2015
 14/12/2014 a 20/12/2014
 21/09/2014 a 27/09/2014
 14/09/2014 a 20/09/2014
 07/09/2014 a 13/09/2014
 17/08/2014 a 23/08/2014
 10/08/2014 a 16/08/2014
 13/07/2014 a 19/07/2014
 27/04/2014 a 03/05/2014
 16/02/2014 a 22/02/2014
 09/02/2014 a 15/02/2014
 05/01/2014 a 11/01/2014
 29/12/2013 a 04/01/2014
 15/12/2013 a 21/12/2013
 08/12/2013 a 14/12/2013
 18/08/2013 a 24/08/2013
 11/08/2013 a 17/08/2013
 04/08/2013 a 10/08/2013
 28/07/2013 a 03/08/2013
 21/07/2013 a 27/07/2013
 14/07/2013 a 20/07/2013
 30/06/2013 a 06/07/2013
 23/06/2013 a 29/06/2013
 16/06/2013 a 22/06/2013
 09/06/2013 a 15/06/2013
 26/05/2013 a 01/06/2013
 19/05/2013 a 25/05/2013
 07/04/2013 a 13/04/2013
 24/03/2013 a 30/03/2013
 17/03/2013 a 23/03/2013
 10/03/2013 a 16/03/2013
 03/03/2013 a 09/03/2013
 17/02/2013 a 23/02/2013
 03/02/2013 a 09/02/2013
 13/01/2013 a 19/01/2013
 06/01/2013 a 12/01/2013
 30/12/2012 a 05/01/2013
 16/12/2012 a 22/12/2012
 09/12/2012 a 15/12/2012
 02/12/2012 a 08/12/2012
 25/11/2012 a 01/12/2012
 18/11/2012 a 24/11/2012
 11/11/2012 a 17/11/2012
 04/11/2012 a 10/11/2012
 28/10/2012 a 03/11/2012
 14/10/2012 a 20/10/2012
 30/09/2012 a 06/10/2012
 16/09/2012 a 22/09/2012
 26/08/2012 a 01/09/2012
 12/08/2012 a 18/08/2012
 05/08/2012 a 11/08/2012
 22/07/2012 a 28/07/2012
 15/07/2012 a 21/07/2012
 08/07/2012 a 14/07/2012
 01/07/2012 a 07/07/2012
 24/06/2012 a 30/06/2012
 10/06/2012 a 16/06/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 27/05/2012 a 02/06/2012
 20/05/2012 a 26/05/2012
 06/05/2012 a 12/05/2012
 15/04/2012 a 21/04/2012
 08/04/2012 a 14/04/2012
 01/04/2012 a 07/04/2012
 25/03/2012 a 31/03/2012
 18/03/2012 a 24/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 19/02/2012 a 25/02/2012
 12/02/2012 a 18/02/2012
 05/02/2012 a 11/02/2012
 15/01/2012 a 21/01/2012
 08/01/2012 a 14/01/2012
 01/01/2012 a 07/01/2012
 18/12/2011 a 24/12/2011
 27/11/2011 a 03/12/2011
 13/11/2011 a 19/11/2011
 30/10/2011 a 05/11/2011
 23/10/2011 a 29/10/2011
 16/10/2011 a 22/10/2011
 18/09/2011 a 24/09/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 17/07/2011 a 23/07/2011
 26/06/2011 a 02/07/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 05/06/2011 a 11/06/2011
 22/05/2011 a 28/05/2011
 15/05/2011 a 21/05/2011
 08/05/2011 a 14/05/2011
 24/04/2011 a 30/04/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 10/04/2011 a 16/04/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 20/03/2011 a 26/03/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 06/02/2011 a 12/02/2011
 16/01/2011 a 22/01/2011
 09/01/2011 a 15/01/2011
 02/01/2011 a 08/01/2011
 26/12/2010 a 01/01/2011
 12/12/2010 a 18/12/2010
 05/12/2010 a 11/12/2010
 28/11/2010 a 04/12/2010
 21/11/2010 a 27/11/2010
 14/11/2010 a 20/11/2010
 07/11/2010 a 13/11/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 24/10/2010 a 30/10/2010
 17/10/2010 a 23/10/2010
 10/10/2010 a 16/10/2010
 03/10/2010 a 09/10/2010
 26/09/2010 a 02/10/2010
 12/09/2010 a 18/09/2010
 22/08/2010 a 28/08/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 08/08/2010 a 14/08/2010
 01/08/2010 a 07/08/2010
 25/07/2010 a 31/07/2010
 18/07/2010 a 24/07/2010
 11/07/2010 a 17/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 13/06/2010 a 19/06/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 04/04/2010 a 10/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/03/2010 a 20/03/2010
 07/03/2010 a 13/03/2010
 28/02/2010 a 06/03/2010
 21/02/2010 a 27/02/2010
 14/02/2010 a 20/02/2010
 07/02/2010 a 13/02/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 24/01/2010 a 30/01/2010
 20/12/2009 a 26/12/2009
 13/12/2009 a 19/12/2009
 06/12/2009 a 12/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 22/11/2009 a 28/11/2009
 15/11/2009 a 21/11/2009
 08/11/2009 a 14/11/2009
 01/11/2009 a 07/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 18/10/2009 a 24/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 04/10/2009 a 10/10/2009
 27/09/2009 a 03/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 14/06/2009 a 20/06/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 17/05/2009 a 23/05/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 26/04/2009 a 02/05/2009
 19/04/2009 a 25/04/2009
 12/04/2009 a 18/04/2009
 05/04/2009 a 11/04/2009
 29/03/2009 a 04/04/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 08/02/2009 a 14/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 25/01/2009 a 31/01/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de nicomedesoliveira
 


Moradores de São Sebastião, no DF, fazem ato contra albergue

Grupo que queimou pneus e exibiu faixas teme aumento de violência.
Sedest informou que a construção foi debatida com a comunidade.

Do G1 DF

5 comentários

Moradores de São Sebastião fizeram um protesto nesta sexta-feira (29) para tentar impedir que um albergue seja construído na região, a cinco quilômetros da área central. Os moradores que a unidade possa aumentar os índices de violência.

De acordo com a Polícia Militar, aproximadamente 100 moradores queimaram pneus e exibiram cartazes ao lado da BR-473, no caminho para Unaí. Uma das faixas no sentido São Sebastião foi interditada pela PM para dar segurança aos manifestantes. Não houve congestionamento no local.

Os particpantes pedem que a unidade seja construída em outra região. "Nós já temos vários problemas de violência. E o nosso medo é que tanto o comércio como as pessoas o índice de violência aumente."

O protesto terminou por volta de 11h da manhã. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedest) informou que a construção do albergue foi debatida com a comunidade e que reuniões são feitas desde julho deste ano sobre a importância de aumentar a rede de acolhimento de moradores de rua.



Escrito por nicomedesoliveira às 09h55
[] [envie esta mensagem
]





Ato contra prisão de moradores de rua acontece nesta sexta-feira em São Paulo

Da Rede Brasil Atual
 
Por Gisele Brito
 
São Paulo – Ocorrerá no final da tarde de amanhã (3), na frente do metrô Armênia, em São Paulo, o segundo ato pedindo a liberação de quatro pessoas em situação de rua presas desde o dia 30, depois de terem participado de um protesto por melhores condições no Centro de Acolhida Estação Vivência, no Canindé, região central da capital paulista.
 
O auxiliar de limpeza, Hudson Bernardo da Silva, de 23 anos; o entrevistador Enmanuel William de Oliveira, 25; o pedreiro Vantuir Guedes de Assis, 49; e o aposentado Alexandro Costa dos Santos, 53, participavam de um protesto por melhores condições no Centro de Acolhida Estação Vivência, no Canindé. Eles foram acusados, segundo os policiais que registraram o Boletim de Ocorrência (BO), de participar de um grupo com cerca de 20 pessoas que queimou pneus e colchões durante a manifestação, mas que não produziu nenhum dano ao centro de acolhida.
 
No (BO), os presos são acusados de dano qualificado ao patrimônio, resistência a prisão e associação criminosa. Acusações “muito pesadas”, classifica o padre Julio Lancellotti, vigário da Pastoral do Povo da Rua.
 
Segundo Lancellotti, a manifestação só aconteceu porque o centro apresentava sérios problemas. “Houve uma rebelião, um protesto pelas péssimas condições do albergue na parte de alimentação, de água. Haviam duzentas e vinte pessoas lá e dois chuveiros que ficaram sem água. Problemas de esgoto e maus tratos”, afirma.
 
O centro de acolhida é mantido pela prefeitura de São Paulo em parceria com a entidade Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana. Há relatos de problemas também em outros espaços municipais que deveriam prestar assistência social a população de rua.
 
No começo de dezembro, o prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou que conflitos relacionados ao tráfico de drogas estavam afastando equipes do centro montado no Parque D. Pedro II, um dos que apresentou mais precariedades – na ocasião, o prefeito prometeu que iria buscar uma parceria com o governo estadual. Até o momento, nada foi anunciado oficialmente.
 
Para Lancellotti, há um abandono dos serviços públicos assistenciais. “Há um sucateamento geral da rede de atendimento a população de rua”.
 
Ontem, a Defensoria Pública pediu a liberação dos presos por meio de um habeas corpus, que foi negado. Os quatro homens permanecem em prisão temporária na 2ª Delegacia de Polícia da capital, no bairro do Bom Retiro, mas devem ser transferidos para um Centro de Detenção Provisória nos próximos dias.
 
A primeira manifestação contrária às prisões ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (1º). Cerca de 30 pessoas se reuniram na Praça da Sé, de onde seguiram para a frente do Tribunal de Justiça, onde exibiram cartazes com palavras de ordem.
 
Para Lancellotti, as prisões dão indicativo de como será o tratamento da polícia às manifestações que devem acontecer ao longo de 2014, ano de eleições e da Copa do Mundo. “A quantidade de policiais que vimos ontem (durante os protestos) na Sé foi impressionante”.
 
Ele também lembrou que o única pessoa indiciada e que permanece presa depois de participar das manifestações de junho passado também vivia em situação de rua, no Rio de Janeiro. Rafael Braga Vieira, de 25 anos, afirma que portava uma garrafa com produto de limpeza quando foi preso. Os policiais o acusam de levar um coquetel Molotov, tese acolhida pelo juiz que o mantém preso.

Ato contra prisão de moradores de rua acontece nesta sexta-feira em São Paulo

Da Rede Brasil Atual
 
Por Gisele Brito
 
São Paulo – Ocorrerá no final da tarde de amanhã (3), na frente do metrô Armênia, em São Paulo, o segundo ato pedindo a liberação de quatro pessoas em situação de rua presas desde o dia 30, depois de terem participado de um protesto por melhores condições no Centro de Acolhida Estação Vivência, no Canindé, região central da capital paulista.
 
O auxiliar de limpeza, Hudson Bernardo da Silva, de 23 anos; o entrevistador Enmanuel William de Oliveira, 25; o pedreiro Vantuir Guedes de Assis, 49; e o aposentado Alexandro Costa dos Santos, 53, participavam de um protesto por melhores condições no Centro de Acolhida Estação Vivência, no Canindé. Eles foram acusados, segundo os policiais que registraram o Boletim de Ocorrência (BO), de participar de um grupo com cerca de 20 pessoas que queimou pneus e colchões durante a manifestação, mas que não produziu nenhum dano ao centro de acolhida.
 
No (BO), os presos são acusados de dano qualificado ao patrimônio, resistência a prisão e associação criminosa. Acusações “muito pesadas”, classifica o padre Julio Lancellotti, vigário da Pastoral do Povo da Rua.
 
Segundo Lancellotti, a manifestação só aconteceu porque o centro apresentava sérios problemas. “Houve uma rebelião, um protesto pelas péssimas condições do albergue na parte de alimentação, de água. Haviam duzentas e vinte pessoas lá e dois chuveiros que ficaram sem água. Problemas de esgoto e maus tratos”, afirma.
 
O centro de acolhida é mantido pela prefeitura de São Paulo em parceria com a entidade Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana. Há relatos de problemas também em outros espaços municipais que deveriam prestar assistência social a população de rua.
 
No começo de dezembro, o prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou que conflitos relacionados ao tráfico de drogas estavam afastando equipes do centro montado no Parque D. Pedro II, um dos que apresentou mais precariedades – na ocasião, o prefeito prometeu que iria buscar uma parceria com o governo estadual. Até o momento, nada foi anunciado oficialmente.
 
Para Lancellotti, há um abandono dos serviços públicos assistenciais. “Há um sucateamento geral da rede de atendimento a população de rua”.
 
Ontem, a Defensoria Pública pediu a liberação dos presos por meio de um habeas corpus, que foi negado. Os quatro homens permanecem em prisão temporária na 2ª Delegacia de Polícia da capital, no bairro do Bom Retiro, mas devem ser transferidos para um Centro de Detenção Provisória nos próximos dias.
 
A primeira manifestação contrária às prisões ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (1º). Cerca de 30 pessoas se reuniram na Praça da Sé, de onde seguiram para a frente do Tribunal de Justiça, onde exibiram cartazes com palavras de ordem.
 
Para Lancellotti, as prisões dão indicativo de como será o tratamento da polícia às manifestações que devem acontecer ao longo de 2014, ano de eleições e da Copa do Mundo. “A quantidade de policiais que vimos ontem (durante os protestos) na Sé foi impressionante”.
 
Ele também lembrou que o única pessoa indiciada e que permanece presa depois de participar das manifestações de junho passado também vivia em situação de rua, no Rio de Janeiro. Rafael Braga Vieira, de 25 anos, afirma que portava uma garrafa com produto de limpeza quando foi preso. Os policiais o acusam de levar um coquetel Molotov, tese acolhida pelo juiz que o mantém preso. 


Escrito por nicomedesoliveira às 09h54
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]